Dicas Úteis

Incentive a criança a ler.
Seja ela seu filho, seu irmão mais novo, seu vizinho…
Mas como posso fazer isso?

  • Lendo em voz alta para elas. Explore todos os tipos de material de leitura- revistas, gibis, cartazes, placas na rua… tudo pode ser um momento divertido e de troca envolvendo a leitura.
  • Crie o hábito de ler uma história ao colocar a criança na cama. Pode ser um bom começo antes que ela amplie os momentos de leitura ao longo do dia. Leia uma, duas, três vezes… a repetição ajuda a reconhecer e se lembrar das palavras, assim como na construção do pensamento sequencial.
  • Falando em imitação, faça com a criança te veja lendo e escrevendo em suas atividades diárias… o importante é o exemplo que você passa!
 

dicas-uteis

  • Se a criança é bebê e você acha que ele não vai curtir a leitura, está muito enganado! Enquanto você lê, ela ouvirá sua voz, perceberá pelos seus gestos e expressões que está passando uma mensagem acolhedora e cheia de emoção.
  • Se a criança é maior e já consegue se comunicar melhor, brinque de ler com ela… peça para que ela reconte a história ou uma informação que lhe tenha chamado atenção.  Pode incentivá-la a desenhar, pintar ou recortar a história que acabou de ouvir. Peça para “ler” o que fez, mesmo que ainda não saiba. Afinal de contas, a criança é craque em imitar os adultos e fazer de conta que sabe de tudo…
  • Procure ter sempre em casa uns livros para que seu filho saiba que existe. Assim como o brinquedo, o livro pode ser muito divertido! Compre de presente, pegue emprestado na biblioteca, inove!!
  • Se você for à biblioteca, não se esqueça de levá-la junto. Poderá ser um passatempo bastante divertido! E não esqueça de fazer a carteirinha dela. Cada um tem a sua!
  • Procure se atualizar sobre a programação na sua comunidade. Nos momentos de lazer você poderá levar seu filho a um local que tenha a hora do conto, um teatro infantil ou qualquer outra atividade desta natureza. Sentar debaixo de uma árvore e ler uma história para ela pode ser muito prazeroso.
  • Acima de tudo, respeite o tempo e o ritmo de seu filho! Não force ou insista a leitura se ele não quer. Isso pode tirar seu entusiasmo.
  • E se você não sabe ler?
    Não tem problema… promova o encontro da criança com o livro ou qualquer tipo de atividade artística. A interação entre vocês e todo material de leitura é mais importante do a leitura do texto em si. Mexa no livro, folheie, observe o colorido, não tenha medo de estragar… Normalmente a gente aprende a cuidar daquilo que gostamos!
  • Se você estiver gestante… que tal começar a ler para seu bebê com ele ainda na barriga? Nesta interação recíproca você estará mostrando a seu filho que, além de suprir todas as necessidades físicas, estará criando um vínculo de prazer e estreitando seus laços afetivos.
  • Não esqueça de manter alguns livros extras na biblioteca. Pode aparecer algum leitor apaixonado que tenha dificuldade em separar-se do livro da biblioteca. Neste momento, você poderá oferecer um outro livro, mesmo que seja diferente daquele que ele estava lendo.